Event News Press Releases Uncategorized

O 5º The Global Summit bienal se reúne logo em seguida aos jogos olímpicos do Rio

O 5º The Global Summit bienal se reúne logo em seguida aos jogos olímpicos do Rio

COMUNICADO À IMPRENSA – :: 13 AGO, 2016  

 

Melanie St. James, Produtora Executiva, The Global Summit

EMAIL: msj@theglobalsummit.org

Telefone: + 55 (21) 9-6936-3915

www.theglobalsummit.org

 

MANCHETES:

O 5º The Global Summit, evento bienal, se reúne logo após aos Jogos Olímpicos do Rio

 

Em agosto, ao apagar da pira olímpica no Rio, o The Global Summit vai acender sua chama no seu 5º Fórum Ambiental, Social e Econômico.

 

SUMÁRIO:

Após anos de problemas da população local sendo deixados de lado, em face da realização dos mega eventos, o ‘THE GLOBAL SUMMIT V: Empoderando a Humanidade’, vai colocar em pauta soluções sobre estas questões,  desde mudanças climáticas até a expansão do acesso igualitário à educação.

 

De 23 a 26 de agosto acontecerá no Museu de Ciências da Terra, na Urca, um fórum sobre inovação social, criado na Califórnia, chamado The Global Summit. O evento irá reunir 200 líderes comunitários, culturais e de negócios, para debater as mais importantes questões sociais, econômicas e ecológicas que afetam o Rio de Janeiro e o Brasil atualmente, e sua repercussão global. Trata-se da quinta reunião bienal das sete que estão programadas para acontecerem até Tóquio em 2020. Seu propósito é fazer emergir o espírito de colaboração de massa, valendo-se do foco de bilhões de pessoas que estará sobre os Jogos Olímpicos do Rio.

 

A mais recente personalidade cultural a se juntar a 5ª edição do evento The Global Summit é o jornalista e ativista David Miranda (líder da campanha para oferecer asilo político a Edward Snowden no Brasil). Miranda irá explanar sobre mídia, transparência, corrupção e soluções inovadoras em Democracia Direta Digital.

Outras vozes que estarão presente são, Edgard Gouveia Jr, (Visionário do Play the Call), José Pacheco (Escola da Ponte), Scholastica Sylvan Kimaryo (expert em liderança consciente/ ex líder UNDP Africa),  Ana Paula Silva e  Cláudio Spínola (cofundadores da Morada da Floresta), Gian Taralli (SWARMS), Derek Gallo (Sócio TCP Latam), Pablo Handl (Co-founder Impact Hub São Paulo) e mas.

 

Para Dr. Noel Brown, ex-diretor do programa ambiental das Nações Unidas, a iniciativa do The Global Summit objetiva refletir sobre a experiência brasileira com o status quo dos eventos globais ligados à políticas públicas “Eu acredito que tal evento é urgente, para que comunidades e indivíduos comprometidos tenham maior voz.”

 

Com a disponibilização de 30 bolsas integrais para jovens e líderes comunitários, o evento convida representantes de comunidades que foram desalojadas pelas Olimpíadas do Rio, assim como representantes de comunidades atingidas pela devastação ambiental originada de atividades de mineração no estado de Minas Gerais, que resultaram na morte do Rio Doce.

 

Gabriel Melo, um voluntário do evento e morador do Rio diz: “Com a enxurrada de más notícias que escutamos  sobre o Rio, o Brasil e as Olimpíadas atualmente, esse evento será a grande luz na cidade após os jogos.”

 

Precedido por uma recepção cultural em 23 de Agosto, o programa interativo e conectivo de três dias, promoverá o encontro de líderes de seis setores-chave: Arte & Música, Mídia, Negócios, Educação, Empreendedorismo Social e Organizações Sem Fins Lucrativos, em um desafio com equipes dispostas a co-criar políticas tangíveis, tecnologias e resultados práticos até o terceiro dia do evento. Duas propostas serão selecionadas em cada categoria (escolha ao vivo e pela internet com uso de streaming)  e avançarão para um hackathon integrado, com prototipação e desenvolvimento com designers, programadores e playmasters (27-28 de agosto).

 

Pedro Paulo Lins e Silva, um empreendedor de tecnologia brasileiro, consultor de startups e fundador do Linkzter, Welight.co e iniciativas do terceiro setor que apoiam comunidades indígenas na amazônia, diz:  “Essa é a hora para todos despertarem para o infinito poder que nós temos quando compreendemos nossa missão para servir a humanidade e o planeta, e usar nossos corações e a tecnologia para nos unir com outros que já partilham o mesmo propósito”.

 

O evento original é liderado pela associação californiana sem fins lucrativos, Empowerment WORKS cuja fundadora está no Rio, desde março, construindo um time local. Concomitantemente, o Fórum tem ganhado vida de forma vibrante com o apoio de mais de 30 voluntários locais e vários colaboradores de produção pro-bono, como Serviço Geológico do Brasil, the BRICS Policy Center, Green Hub, Morada da Floresta, Casa de Juventude, Social Good Brasil, Rio on Watch, Associação em Rede #Ajogada, juntamente com outros inovadores sociais, focados em sustentabilidade, incluindo Goma, Impact Hub, Rio Criativo and Startup Rio.  No espírito de co-criação, todos os participantes, incluindo as vozes participantes, são convidados a “trazer o melhor de seus saberes para a mesa para co-criar um mundo melhor para a humanidade”.  

 

Para Paul Roux, artista participante de 2016, nascido na África do Sul, fundador do projeto Apology e membro da diretoria da  Empowerment WORKS: “A verdade é que nossa absoluta interconexão não é mais negável. É hora de todos nós enfrentarmos a realidade científica do nosso Planeta Terra, cair na real, para que possamos seguir em frente de forma produtiva e orquestrada.  Como podemos moralmente organizar os Jogos Olímpicos quando há tanto sofrimento no mundo, humanos e outros, muito por nossas próprias mãos, a não ser que sirva para chamar atenção à causa dos outros menos afortunados do que nós?”

 

Desde seu lançamento em 2008, em San Francisco, o evento tem sido um ímã para pioneiros de sustentabilidade, incluindo John Perry Barlow (co-fundador do Electronic Frontier Foundation-EFF); Hunter Lovins (fundador do Rocky Mountain Institute); Gunter Pauli (autor de  Blue Economy, Ecover CEO); Barbara Marx-Hubbard (discípula de Buckminster Fuller e futurista); Prof. Jan Knippers Black (membro da diretoria da Anistia Internacional, Consultor da Fundação Inter-Americana); Traci Fenton (Fundadora and CEO da WorldBlu), Joan Blades (co-fundadora da MoveOn.org & Presidente da MomsRising.org) Betsy McKinney (Fundadora, It’s Time Network); Warren Brush (Co-founder, Quail Springs Permacultura/ Community Resilience Storyteller), e mais.

 

Além de apresentar o evento bilíngue ao vivo no Rio, limitado a 200 participantes, o The Global Summit estende seu alcance global por transmissão em live-stream, com eventos locais parceiros planejados nos Estados Unidos, África e Ásia.

 

####

 

Programa, Inscrições e outros detalhes: www.TheGlobalSummit.org

 

Passe de Imprensa/ Info: http://theglobalsummit.org/media-partners-press/

 

CONTATO:

Melanie St. James, Diretora Executiva

EMAIL: msj@theglobalsummit.org

Phone: + 55 (21) 9-6936-3915

 

CUSTOS & INSCRIÇÕES*:

 

De R$375 para estudantes a R$2475 para empresários.

 

*Evento somente para convidados, resposta rápida a inscrições.

 

AGENDA & LOCAIS:

 

Recepção Cultural: 23 de agosto (6PM-9PM); Museu de Ciências da Terra, Av. Pasteur, 404,  Urca, Rio de Janeiro, RJ   

 

A celebração se inicia em 23 de agosto, às 18h, no Museu de Ciências da Terra, uma noite mágica de música, dança e cozinha mundial, com uma voz global de boas-vindas da Scholastica Kimaryo (Tanzania).

 

Programa principal: De 24 a 26 de agosto de 2016 (das 9h às 18h) também no Museu de Ciências da Terra

 

Cada manhã começará com um programa facilitado por apresentações, painéis de discussão e intervalos no palco principal – promovendo um diálogo para inspirar e criar uma colaboração continuada para além do evento. O restante de cada dia consiste em duas sessões sobre quatro trilhas principais – uma oportunidade de compartilhar ideias, habilidades, ferramentas e histórias de forma a avançar o impacto coletivo, guiado pelos 7 Estágios da Sustentabilidade (os 7SS), um framework de  inovação social.

 

Hackathon & Tours comunitários: 27 a 28 de agosto (das 10h às 18h) na incubadora Rio Criativo

 

SOBRE A PRODUTORA LÍDER – EMPOWERMENT WORKS:

 

Inspirada no Senegal e Zimbabwe em 1999 & 2000, e registrada nos EUA como uma organização a 501c3 livre de impostos em 2001, a Empowerment WORKS (EW) é uma consultoria e instituto de pesquisa global em sustentabilidade dedicada ao avanço do holístico, e de soluções pensadas localmente para um progresso global. www.EmpowermentWORKS.org   

 

MAIS SOBRE A INICIATIVA DO THE GLOBAL SUMMIT™:

 

O The Global Summit é um fórum social, econômico e ambiental que provê uma plataforma neutra para colaboração em escala mundial. O evento é sobre a união e celebração de um grupo diverso de pessoas, organizações e empresas, todos trabalhando em busca de um futuro mais saudável, culturalmente mais rico e mais sustentável.

 

Lançado em San Francisco em 2008 com um programa base para sustentabilidade global e pesquisa em ação, da Empowerment WORKS, o The Global Summit bienal atrai algumas das pessoas mais inovadoras e pioneiras em tópicos como o social, econômico e ambiental e provê um modelo pronto para os participantes levarem seus trabalhos para um novo patamar.

 

Com um programa interativo facilitado por especialistas, os delegados podem construir relações com colaboradores chave e avançar, expandir sua capacidade como agentes da mudança e aprender diversas habilidades representadas nos 7 Estágios da Sustentabilidade (7SS) e em seu mapa de inovação. Poderão aprender como criar colaboração com valor agregado, por melhor compreender os ativos diversos e as necessidades dos seis setores parceiros no Empoderamento (PIE): Artistas, Grupos de mídia, Educação, Negócios, Organizações sem fins lucrativos e Empreendedores Sociais.

 

O The Global Summit é autônomo, livre de agendas governamentais, religiosas, políticas ou qualquer outra agenda singular. Está centrado na crença de que: “pela colaboração global, mudanças poderosas podem acontecer.”

 

PROGRAMA PARCEIRO APOIADOR:

 

O evento tem um programa de parceiros apoiadores para alavancar as Olimpíadas como indutor de impactos positivos. Detalhes: TheGlobalSummit.org/support/

 

PARCEIROS:

 

O evento é organizado pela Empowerment WORKS em colaboração com muitos parceiros inspiradores, incluindo o Museu de Ciências da Terra, Serviço Geológico do Brasil, WeLight.co, #Ajogada, the BRICS Policy Center, Gaia Education, Cernunnos Media, Rio Criativo, Startup Rio, Catalytic Communities, Community in Action, Musical Activist Alliance, Bioneers, entre outros.

 

Veja mais em  www.TheGlobalSummit.org para uma lista de parceiros e vozes participantes.

 

TECHNOLOGIA E PARTICIPAÇÃO VIRTUAL:

 

Promovendo mundialmente participações comunitárias, o The Global Summit virtual inclui ferramentas como transmissão ao vivo das plenárias principais, acesso ilimitado para interações por gravação de vídeos de todo o evento (assim como nos demais eventos), um portal colaborativo para apoio e rastreamento dos objetivos de 2016.

 

Leave your thought here

*Note: Your email will be kept secret and not be published